O sábado é só para os Judeus?

Sábado

A Bíblia responde...

Na resposta a qualquer pergunta bíblia é importante que não prevaleça a nossa vontade. Deus sempre terá um melhor e maior plano para nós (Isaías 55: 8 e 9). Infelizmente, nem sempre compreendemos isso e como “Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?” (Jeremias 17: 9) muitas vezes não estamos prontos para viver pela fé.

O sábado nunca foi somente para judeus. Em Êxodo 20: 8 – 11, e em Deuteronómio 5: 12 – 15 na proclamação dos 10 mandamentos, o 4º Mandamento, apresenta o sábado como bênção para o crente em Deus Deus até ao “estrangeiro que está dentro das tuas portas”. Se era só para o judeu, porque haveria de ter dentro da sua própria definição o estrangeiro? Se o sábado, o 4º mandamento da lei moral de Deus, é somente para o judeu, assim deveria ocorrer também com todos os outros mandamentos. Quem recebeu e guardava os mandamentos? Os hebreus! (Deuteronómio 5: 3). Quem terá coragem em dizer que por causa disso o “não matarás”, o “Não adulterarás”, o “não terás outros deuses diante de Mim” ou o “não tomarás o nome do teu Deus em vão” eram somente para o judeu e não era a vontade de Deus para o mundo inteiro? Ou Deus só escolheu estes para cumprirem a Sua vontade? Contudo, muitos são aqueles que dizem exatamente isso sobre o 4º mandamento que fala do sábado. Guardar todos os mandamentos (Tiago 2: 10 – 12) é dever de todo o homem e não somente do judeu. “De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus e guarda os seus mandamentos; porque este é o dever de todo homem. Porque Deus há de trazer a juízo toda obra e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau.” Eclesiastes 12: 13 e 14. Jesus, nunca disse que o sábado tinha sido feito por causa do judeu… “O sábado foi feito por causa do homem, e não o homem, por causa do sábado. Assim, o Filho do Homem até do sábado é senhor”. Marcos 2: 27 e 28. Finalmente, “Bem-aventurado o homem” e não somente ao judeu… “Bem aventurado o estrangeiro e o eunuco” e não somente ao judeu… “que se guarda de profanar o sábado e guarda a sua mão de perpetrar algum mal. E não fale o filho do estrangeiro que se houver chegado ao SENHOR, dizendo: De todo me apartará o SENHOR do seu povo; nem tampouco diga o eunuco: Eis que eu sou uma árvore seca. Porque assim diz o SENHOR a respeito dos eunucos que guardam os meus sábados, e escolhem aquilo que me agrada, e abraçam o meu concerto: Também lhes darei na minha casa e dentro dos meus muros um lugar e um nome, melhor do que o de filhos e filhas; um nome eterno darei a cada um deles que nunca se apagará. E aos filhos dos estrangeiros que se chegarem ao SENHOR, para o servirem e para amarem o nome do SENHOR, sendo deste modo servos seus, todos os que guardarem o sábado, não o profanando, e os que abraçarem o meu concerto, também os levarei ao meu santo monte e os festejarei na minha Casa de Oração; os seus holocaustos e os seus sacrifícios serão aceitos no meu altar, porque a minha casa será chamada Casa de Oração para todos os povos.” Isaías 56: 2 – 7.